As redes sociais no marketing do seu escritório de advocacia

redes sociais, As redes sociais no marketing do seu escritório de advocacia

As redes sociais são uma ótima maneira de compartilhar notícias sobre o seu escritório, novas contratações, prêmios e vitórias de casos importantes. Mas se seu escritório usa as redes sociais apenas para isso, ele está perdendo oportunidades significativas de aprender mais sobre seus clientes e encontrar novos negócios.

Desde o início da pandemia da Covid-19, não apenas os escritórios de advocacia, mas as empresas em geral têm visto as projeções de crescimento caírem continuamente e, em alguns casos graves, até entrar em números negativos.

No entanto, embora este momento seja assustador, também pode ser uma boa oportunidade para advogados e escritórios de reavaliarem seus planos e estratégias de marketing. Agora que reuniões com clientes ficaram um pouco em segundo plano, não há melhor momento para repassar o que está funcionando para você e o que não está.

A sua estratégia de marketing digital está funcionando nas redes sociais?

• Como seu escritório se compara aos escritórios de advocacia concorrentes em sua área?

• Você deveria investir mais em SEO ou experimentar o Google Ads para variar?

Não há melhor momento do que agora para avaliar o que você pode fazer para melhorar o marketing do seu escritório e conseguir mais clientes. Sabendo que você precisará de respostas para essas perguntas, aqui vão algumas maneiras de melhorar o marketing digital de seu escritório de advocacia.

1- Revise seu orçamento

redes sociais, As redes sociais no marketing do seu escritório de advocacia

Como seu orçamento de marketing obviamente se baseará em sua estratégia, faz sentido revisá-lo. Contudo, atente-se: o tempo extra de planejamento que você tem em mãos não deve ser desculpa para exagerar. Idealmente, inclua apenas novos objetivos de marketing que sejam eficientes e alinhados com sua capacidade financeira e de marketing geral.

2- Realize uma edição abrangente da web e de conteúdo

A próxima coisa que você realmente deve considerar é uma auditoria completa do seu site e do conteúdo nele. De acordo com o Rock Matter, 97% dos escritórios de advocacia não têm conteúdo personalizado em seu site..

O levantamento também mostra que 70% dos sites não têm chamadas de ação para captar leads e que apenas 14% enviam um e-mail automatizado imediatamente após um cliente em potencial preencher um formulário.

Todos esses erros são cruciais para qualquer estratégia de marketing e com os escritórios de advocacia não seria diferente.

3- Crie um conteúdo totalmente novo

Se você está carente de conteúdo, agora é a hora de reforçá-lo. É totalmente indesculpável ter conteúdo em seu site que não seja voltado para o seu público-alvo.

Mesmo que seu conteúdo seja excelente, você ainda deve considerar a criação de algum conteúdo totalmente novo para o qual você normalmente não teria tempo. Experimente novas páginas da web, sequências de criação de e-mails marketing, etc. Prepare uma campanha de mídia social ou publique algumas novas postagens no blog.

A melhor maneira de usar a mídia social para escritórios de advocacia é criar conteúdo informativo, em vez de apenas conteúdo promocional. Quanto mais você fornecer informações confiáveis e valiosas, melhor poderá mostrar seu conhecimento.

No setor jurídico, seus clientes em potencial não tomarão uma decisão sobre onde conduzir seus negócios apenas com base na promoção. Eles considerariam seu conhecimento e credibilidade, bem como sua experiência, antes de decidirem contratá-lo.

Isso torna crucial compartilhar constantemente postagens de blog informativas e as últimas notícias do setor com seus seguidores nas redes sociais. Não se limite apenas ao conteúdo do seu próprio blog. Crie o hábito de selecionar conteúdo de outras fontes relevantes e blogs conceituados do setor.

4- Invista em cursos de marketing digital

Você também pode aproveitar a oportunidade para treinar a si mesmo ou a seus funcionários em alguns pontos importantes de marketing. Você encontrará uma infinidade de recursos no YouTube, HubSpot e outros.

Também pode ser um bom momento para ajustar sua organização administrativa. Atualize seu processo de recebimento de clientes de chamada em caso, reformule sua análise de cliente e processo de classificação ou seu modelo de comunicação de cliente. Uma dica válida aqui é estudar e investir em softwares de gestão específicos para escritórios de advocacia, como o GOJUR.

5- Audite sua presença atual nas redes sociais

Tenha perfis em redes sociais diversas. As mais importantes são:

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Instagram
  • Google Meu Negócio

Para evitar perder seu tempo nos canais errados, pense nas redes sociais que seus clientes ideais estão usando. Para muitos advogados, as plataformas mais relevantes são LinkedIn, Google Meu Negócio e, possivelmente, Instagram. Exclua todos os perfis que você não planeja atualizar porque um perfil incompleto ou desatualizado pode causar o efeito contrário ao que você deseja.

Escolha as plataformas que você acredita serem as mais importantes e preencha-os completamente. Isso inclui descrições, logotipos e imagens de banner que são consistentes com a marca e a mensagem da empresa.

A última etapa da auditoria é estabelecer os principais indicadores de desempenho, como número de seguidores, dados demográficos do público e alcance, cliques e engajamento típicos de uma postagem.

Nessa etapa é importante definir metas realistas e mensuráveis.

• O que você planeja obter com seus esforços de marketing em redes sociais?

• Você quer aumentar a visibilidade da marca? Talvez você queira atrair novos clientes ou apenas deseja envolver seu público-alvo. De qualquer forma, tenha uma ideia clara do que deseja alcançar por meio do marketing nas redes sociais.

6- Tenha periodicidade

Aqui, as palavras-chaves são: desenvolvimento de estratégia de conteúdo e calendário.

• Que tipo de conteúdo você criará?

• Com que frequência você vai postar?

Para economizar tempo, saber com antecedência o que e quando você vai postar é um ponto importante a seu favor. Isso também impede que você publique os mesmos conteúdos repetidamente.

7- Use o LinkedIn

A reputação do LinkedIn como plataforma profissional o torna uma ferramenta de marketing atraente para advogados. Mesmo com apenas uma página pessoal, os advogados podem se alavancar para atrair novos clientes e oportunidades de negócios. Para escritórios de advocacia que oferecem serviços a outras empresas, o LinkedIn oferece mais potencial para serviços B2B do que quase qualquer outra plataforma de mídia social.

Para obter o máximo do LinkedIn, use as seguintes dicas:

  • Faça SEO em seu perfil do LinkedIn com palavras-chave relevantes. Por exemplo, se você for um advogado criminal residente em são Paulo, incorpore frases como “advogado criminal de SP” ou “firma de defesa criminal em São Paulo”.
  • Compartilhe atualizações regulares. Publique conteúdo que suas conexões e o cliente ideal achariam interessante e útil. Novos acréscimos à sua empresa, casos ganhos significativos e tópicos de notícias jurídicas relevantes são todos apropriados para atualizações do LinkedIn.
  • Use como uma plataforma de blog. O LinkedIn oferece outra plataforma para compartilhar os blogs de seu escritório de advocacia com uma grande comunidade de pessoas. Se você já mantém um blog em seu site, basta postar novamente no LinkedIn ou compartilhar o link para seu site com um título interessante. Se sua empresa é nova em blogs, basta ir ao seu perfil do LinkedIn e clicar em “escrever” para começar.

8- Comece a utilizar o Google Ads

O Google Ads é uma forma realmente poderosa de atrair clientes para o seu site. Se você ainda não conhece essa ferramenta, agora é um ótimo momento para analisá-la com cuidado. Com a campanha configurada da maneira certa, você pode aumentar consideravelmente seu tráfego da web, a qualidade de seus leads e, eventualmente, a receita do seu negócio.

9- Seja preciso na segmentação do público-alvo

Se você tem utilizado publicidade convencional em suas campanhas de marketing, há mais chances de estar perdendo os benefícios do marketing digital. Além disso, há maiores chances de você não estar alcançando o público certo. O marketing digital oferece grande precisão em termos de segmentação de usuários que consideram seus anúncios relevantes.

Isso significa que você estará atraindo tráfego de alta qualidade para seu escritório de advocacia. Mas isso não é fácil. É um processo que requer tempo e recursos. Não importa quão grande seja sua experiência, por exemplo, na área criminalista, você não será engajado por clientes em potencial se suas estratégias de marketing estiverem direcionadas ao mercado jurídico geral.

Este é o foco principal do marketing digital. É simples e direto. O melhor é que o marketing digital envolve vários canais de marketing que serão mais adequados para o seu escritório de advocacia.

10 – Comece a fazer vídeos

redes sociais, As redes sociais no marketing do seu escritório de advocacia

Os vídeos estão em todas as redes sociais. Do Facebook ao Instagram, o conteúdo de vídeo se tornou uma estratégia comumente usada, até mesmo se espalhando para o LinkedIn. Isso ocorre porque o vídeo é um canal de marketing altamente eficaz e aqui estão alguns motivos:

  • Com vídeos, o visualizador se conecta melhor a você, o que pode estabelecer um relacionamento instantâneo entre sua empresa e um cliente potencial. Você pode injetar sua personalidade, tornando o vídeo mais atraente.
  • O vídeo oferece uma oportunidade viável de mostrar o conhecimento jurídico da empresa, assim, usar um formato como uma sessão de perguntas e respostas pode ajudar a estabelecer sua credibilidade entre os espectadores.
  • O vídeo pode ser usado para demonstrar como seu escritório de advocacia se destaca do resto da multidão.
  • Nem todo cliente em potencial deseja ler um texto longo, logo, o vídeo atrai essas pessoas com uma maneira rápida e fácil de aprender sobre sua empresa e pode reter melhor a capacidade de atenção do seu público, criando mais interesse.

Assim que um escritório jurídico começa a produzir vídeos, ele pode publicá-lo em uma variedade de plataformas de redes sociais, incluindo LinkedIn, YouTube e Facebook. O Instagram também permite a postagem de vídeos curtos, que podem ser usados como teasers para direcionar os espectadores ao seu site ou página do YouTube.

11- Envolva seu público-alvo

As pessoas usam as redes sociais não apenas para se conectar com seus amigos e parentes, mas também para consumir conteúdo e interagir com marcas. Isso o torna uma plataforma valiosa para envolver seu público-alvo e transformá-lo em clientes em potencial. Você pode usar a mídia social para fornecer a eles conteúdo informativo e envolvente, responder suas perguntas, resolver seus problemas e muito mais.

As redes sociais são altamente eficazes para os escritórios de advocacia atraírem novos clientes. Afinal, os consumidores são altamente dependentes das redes sociais como um canal de comunicação marca-consumidor.

Portanto, aproveite ao máximo as redes sociais para interagir com seus clientes em potencial. Responda os comentários em suas postagens e responda as perguntas que as pessoas possam ter sobre seu serviço. Mostre ao público que você está ouvindo e que está lá para ajudar.

Essas são algumas dicas importantes de como usar as redes sociais para otimizar a estratégia comercial do seu escritório. Para mais informações sobre a área jurídica, continue lendo nosso blog. Não se esqueça de compartilhar esse conteúdo com seus amigos e colegas de trabalho!

Empresa de tecnologia, especializada na criação de soluções para o segmento jurídico.

Posts Recentes

Conheça GOJUR

Arquivos

Deixe uma resposta