Conheça o significado de 8 símbolos da advocacia

A advocacia é uma área repleta de símbolos, cada um com um significado próprio adquirido ao longo da história. Entender mais sobre os elementos que fazem parte do seu dia a dia auxilia os profissionais a compreenderem o porquê da aplicação desses ícones. Quer aprender um pouco mais sobre o assunto? Conheça o significado de 8 símbolos da advocacia neste post!

Conheça o significado de 8 símbolos da advocacia, Conheça o significado de 8 símbolos da advocacia

1 – Balança da justiça

Sem dúvidas, um dos símbolos mais conhecidos na advocacia é a balança, lembrada em diversos ambientes jurídicos. Sua estrutura composta por uma base que equilibra dois pratos é a representação da igualdade. Quando ambas as partes estão alinhadas, significa que a justiça está sendo aplicada com os mesmos pesos e medidas, ou seja, de forma imparcial.

A justiça busca justamente equiparar as partes de um processo de acordo com a lei para tomar as decisões certas. Sua origem não é definida com precisão, mas muitos atribuem a balança à mitologia egípcia, no qual Osíris (deus do julgamento), em conjunto com Maat (deusa da justiça), define o destino de quem morreu a partir da pesagem do seu coração. Assim, para restaurar o equilíbrio cósmico, seria preciso ser justo nas decisões.

2 – Martelo de madeira

A expressão “bater o martelo” representa bem o peso dessa ferramenta na justiça, e principalmente na área jurídica. Ao bater o martelo, o juiz define sua senteça e soluciona um determinado processo.

Em tribunais ou outros locais jurídicos, o martelo está relacionado à ordem e respeito. Muitos atribuem a origem desse símbolo aos cajados usados para chamar a atenção em locais como assembléias séculos atrás. O portador do cajado, assim como o juiz, seria detentor da atenção de todos aqueles ao seu redor.

Leia mais:  Como um software pode otimizar o controle de processos judiciais

3 – Têmis e Astrea

Uma “mulher equilibrando a balança da justiça” pode ser a definição mais comum daqueles que veem esse símbolo pela primeira vez, mas poucos sabem o seu real significado. Comumente essa estátua feminina pode ser relacionada à Têmis, entidade grega, ou Astrea, deusa grega.

Têmis (ou Themis) segura uma espada em sua mão direita e uma balança em sua mão esquerda, possuindo os olhos vendados. Sua espada mostra destreza e força em seus julgamentos, enquanto a balança remete à ponderação e sagacidade para a tomada de decisões. Além disso, a venda em seus olhos objetiva expressar a imparcialidade de quem detém o poder do julgamento, sendo um grande símbolo das virtudes desejadas nos profissionais que atuam no ramo jurídico.

Astrea, filha de Têmis segundo a mitologia grega, é considerada a representação da virtude e sabedoria, também portando os mesmos objetos. É possível encontrar variações do símbolo, como por exemplo sem as vendas. Esse tipo de adaptação tem como objetivo mostrar que a justiça enxerga tudo e todos.

4 – Venda

Presente na estátua da justiça (Têmis ou Astrea), a venda simboliza a imparcialidade que deve estar presente na advocacia. Com origem grega, séculos atrás acreditava-se que poetas e sábios cegos poderiam acessar sabedoria e discernimento divino devido à sua cegueira.

5 – Espada

Outro símbolo presente no universo da advocacia, a espada é uma representação antiga de poder, força, destreza e justiça. Portanto, acreditava-se que quem porta esse objeto é capaz de lutar contra a ignorância e a desigualdade, assim como também manter a ordem e a paz. É pela espada que as decisões são executadas, sendo a ferramenta que pode proteger o bem e punir o mal.

6 – Coruja

Não só na advocacia, mas em outras áreas, a coruja é uma ave que simboliza sabedoria, perspicácia e inteligência. Esse significado está relacionado ao grande poder de observação da coruja, que sempre está atenta a tudo ao seu redor.

Leia mais:  8 razões para automatizar as tarefas repetitivas no seu departamento jurídico

Desde a Roma antiga, esse animal é relacionado à deusa Minerva, sábia e guerreira. Assim como a coruja, todos os profissionais que atuam à favor da justiça devem ser sábios e buscar tomar as melhores decisões com base em todas as camadas do processo.

7 – Beca

Usada em tribunais e similar à toga, a beca é uma vestimenta usada por advogados e simboliza a tradição de todos os que atuam nessa profissão. Assim, representa a tradição e a responsabilidade dos advogados na luta por justiça.

8 – Livros

É comum encontrar livros em conjunto com outros símbolos da advocacia. Esses objetos simbolizam a bagagem histórica que as leis têm na história da humanidade, uma vez que têm sido registradas em livros para serem seguidas pela sociedade.

Conheça o significado de 8 símbolos da advocacia, Conheça o significado de 8 símbolos da advocacia

Conclusão

Neste post foram mostrado somente alguns dos ícones que compõem a o universo da advocacia. Ao longo da história da humanidade, leis, símbolos, vestes e solenidades foram criados para lembrar a importância de preservar e aplicar a justiça. Aprender mais sobre cada um é uma forma de compreender melhor por que cada objeto tem o seu espaço em ambientes jurídicos.

Compartilhe este conteúdo

Deixe uma resposta